Cartas a um jovem escritor



A ideia do projeto Cartas a um jovem escritor é publicar textos que contribuam com o debate sobre o fazer literário. À primeira vista, destinam-se aos novos escritores. Aqueles que deram a cara à tapa e questionam-se se vale a pena oferecer o outro lado. Conselhos. Ideias. Xingamentos. Tudo que o autor acredite somar com o tema. Baseando-se em suas vivências, ou não. Uma “DR” entre o autor e a literatura.

Por que literatura? Pra quem? Como? É uma escolha? Vale a pena? O que é um escritor do século XXI? E o mercado editorial? É “justo”? E os leitores? E as vendas? E toda uma infinidade de temas (dentro do tema) que podem ser extraídos da subjetividade do autor. Passear pelas expectativas desnudando a realidade na vida do escritor contemporâneo.

Qual tipo de carta será selecionada? Qualquer uma que tenha algo a acrescentar. Sem restrições quanto a “estilo”, “escolas” e “panelinhas”. Do maldito ao acadêmico, desde que produza algo pertinente e relevante, será publicado. Um leitor atento ao tema também pode deixar sua carta, ressaltando o que vê e o que espera da literatura contemporânea. Não há restrições quanto ao tamanho da carta. 

Não só elucidar quem está começando, o projeto Cartas a um jovem escritor visa promover e debater a literatura nacional contemporânea. Nesse sentido, as cartas poderão ser apreciadas por todos com interesse em literatura. 

Os autores interessados devem clicar aqui para enviar sua carta ao blog. Ela será devidamente analisada e, caso aceita, será respondida com a solicitação de uma fotografia e uma minibiografia.

0 comentários: